Buscar en
Revista Internacional de Andrología
Toda la web
Inicio Revista Internacional de Andrología Determinantes psicossociais do funcionamento sexual e bem‐estar sexual subjeti...
Información de la revista
Vol. 15. Núm. 3.
Páginas 90-98 (Julio - Septiembre 2017)
Compartir
Compartir
Descargar PDF
Más opciones de artículo
ePub
Visitas
6
Vol. 15. Núm. 3.
Páginas 90-98 (Julio - Septiembre 2017)
Original
Determinantes psicossociais do funcionamento sexual e bem‐estar sexual subjetivo em homens adultos portugueses
Psychosocial Determinants of Sexual Functioning and Subjective Sexual Well‐being in Portuguese Adult Men
Visitas
...
Henrique Pereira
Autor para correspondencia
hpereira@ubi.pt

Autor para correspondência.
, Samuel Monteiro, Graça Esgalhado, Rosa Marina Afonso, Manuel Loureiro
Departamento de Psicologia e Educação, Universidade da Beira Interior, Covilhã, Portugal
Información del artículo
Resumen
Texto completo
Bibliografía
Descargar PDF
Estadísticas
Tablas (4)
Tabela 1. Características sociodemográficas da amostra
Tabela 2. Avaliação dos níveis de funcionamento sexual e bem‐estar sexual subjetivo em homens portugueses
Tabela 3. Resultados para a comparação entre grupos (t‐student para 2 grupos, ANOVA para 3 ou mais grupos)
Tabela 4. Resultados para a correlação de Pearson entre o funcionamento sexual e o bem‐estar sexual subjetivo
Mostrar másMostrar menos
Resumo
Introdução

O funcionamento sexual e o bem‐estar sexual subjetivo são dimensões humanas muito importantes que contribuem para a qualidade de vida dos homens; no entanto, não existe nenhum estudo que informe acerca de medidas normativas junto de homens portugueses.

Objetivos

Avaliar os níveis de funcionamento sexual e bem‐estar sexual subjetivo numa amostra de homens adultos portugueses, comparar diferenças entre grupos e determinar o grau de associação entre as 2 variáveis.

Material e método

Participaram no estudo 603 homens adultos (média de idades=42,05 anos; desvio padrão=13,93) que preencheram um questionário sociodemográfico, o questionário de mudanças no funcionamento sexual e o questionário de avaliação do bem‐estar sexual subjetivo, medidas estas que foram disseminadas através da internet.

Resultados

Os resultados obtidos permitiram produzir uma tabela de dados normativos para o funcionamento sexual e bem‐estar sexual subjetivo, tendo sido encontradas diferenças estatisticamente significativas na comparação entre grupos em função da idade, escolaridade, local de residência, existência de filhos, estado civil e ocupação profissional. Verificou‐se também uma forte correlação entre as 2 dimensões.

Discussão e conclusões

Esta investigação permite evidenciar a importância dos determinantes psicossociais na expressão da funcionalidade sexual e bem‐estar sexual subjetivo, na medida em que os técnicos que trabalhem com homens nesta área deverão estar atentos ao modo como os contextos psicossociais interferem na expressão sexual.

Palavras‐chave:
Funcionamento sexual
Bem‐estar sexual subjetivo
Determinantes psicossociais
Homens portugueses
Abstract
Introduction

Sexual functioning and subjective sexual well‐being are very important human dimensions that contribute to the quality of life of men; however, there are no studies to report about normative measures for the Portuguese male population.

Purpose

To assess the levels of sexual functioning and subjective well‐being in a sample of Portuguese adult men comparing differences between groups and determine the degree of association between the two variables.

Materials and Methods

Participants in the study were 603 adult men (mean age=42.05 years, standard deviation=13.93) who completed a sociodemographic questionnaire, the changes in sexual functioning questionnaire and the subjective sexual well‐being questionnaire. These measures disseminated over the internet.

Results

The results obtained allowed us to produce a table of normative data for sexual functioning and subjective sexual well‐being, and statistically significant differences were found when comparing groups according to age, education, place of residence, number of children, marital status and their occupation. There was also a strong correlation between the two dimensions.

Discussion and Conclusions

This research allows us to highlight the importance of psychosocial determinants in the expression of sexual function and subjective sexual well‐being, to the extent that the health professionals who work with men in this area should be aware of how psychosocial contexts interfere with their sexual expression.

Keywords:
Sexual functioning
Subjective sexual well‐being
Psychosocial determinants
Portuguese men

Artículo

Opciones para acceder a los textos completos de la publicación Revista Internacional de Andrología
Suscriptor
Suscriptor de la revista

Si ya tiene sus datos de acceso, clique aquí.

Si olvidó su clave de acceso puede recuperarla clicando aquí y seleccionando la opción "He olvidado mi contraseña".
Suscribirse
Suscribirse a:

Revista Internacional de Andrología

Comprar
Comprar acceso al artículo

Comprando el artículo el PDF del mismo podrá ser descargado

Precio 19,34 €

Comprar ahora
Contactar
Teléfono para suscripciones e incidencias
De lunes a viernes de 9h a 18h (GMT+1) excepto los meses de julio y agosto que será de 9 a 15h
Llamadas desde España
932 415 960
Llamadas desde fuera de España
+34 932 415 960
E-mail
Opciones de artículo
Herramientas
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos