Regístrese
Buscar en
Revista Internacional de Andrología
Toda la web
Inicio Revista Internacional de Andrología A referenciação para a consulta de andrologia – Quem e como são referenciad...
Información de la revista
Vol. 17. Núm. 1.
Páginas 31-36 (Enero - Marzo 2019)
Compartir
Compartir
Descargar PDF
Más opciones de artículo
ePub
Visitas
3
Vol. 17. Núm. 1.
Páginas 31-36 (Enero - Marzo 2019)
Artigo original
DOI: 10.1016/j.androl.2017.12.002
A referenciação para a consulta de andrologia – Quem e como são referenciados?
Andrology – Whom and how are patients being referred?
Visitas
3
José Carlos Santos
Autor para correspondencia
Jose.c.pereirasantos@gmail.com

Autor para correspondência.
, Nídia Rolim, Rita Fonseca, Renato Mota, Hélder Monteiro
Serviço de Urologia, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Lisboa, Portugal
Este artículo ha recibido
3
Visitas
Información del artículo
Resumen
Texto completo
Bibliografía
Descargar PDF
Estadísticas
Figuras (1)
Tablas (2)
Tabela 1. Distribuição da população por número de factores de risco cardiovascular identificados (FRCV – factores de risco cardiovascular)
Tabela 2. Incidência dos diferentes factores de risco cardiovascular (FRCV) na população total e na população de doentes referenciados por disfunção eréctil (evento CV – evento cardiovascular major)
Mostrar másMostrar menos
Resumo
Introdução

A andrologia é uma área médica que estuda a sexualidade e a fertilidade no sexo masculino. A referenciação de utentes deve ser feita de forma criteriosa e adequada para assegurar o acesso a tratamentos diferenciados sempre que haja indicação.

Objetivo

Caracterizar a referenciação específica para a consulta de andrologia no nosso centro hospitalar.

Material e métodos

Avaliação retrospectiva da casuística da consulta de andrologia entre janeiro de 2014 e dezembro de 2015.

Resultados

Consultaram‐se os registos clínicos de 96 das 102 consultas de primeira vez de andrologia. Cerca de 60% dos doentes foram referenciados por disfunção eréctil, 15% por curvatura peniana e 8% por disfunção ejaculatória. Apenas 27% dos doentes com disfunção eréctil já tinham efetuado prova terapêutica e 40% não tinham perfil metabólico recente.

Discussão

A elevada prevalência de comorbilidades sexuais e a elevada prevalência de doentes naïve na população referenciada levam a ponderar se existe dificuldade entre os médicos referenciadores de categorizar e tratar a disfunção sexual masculina de acordo com o modelo tetrafásico da resposta sexual. A ausência de estratificação de doentes segundo os critérios de Princeton III demonstra a dificuldade na seleção de doentes que podem iniciar terapêuticas de primeira linha antes da referenciação.

Conclusão

As disfunções sexuais têm uma elevada prevalência na população geral. Os cuidados de saúde necessitam de ter uma maior capacidade de intervenção diagnóstica e terapêutica.

Palavras‐chave:
Andrologia
Disfunção sexual
Disfunção eréctil
Ejaculação prematura
Abstract
Introduction

Andrology focuses in male sexual and fertility diseases. Its referral should be thoughtful and tailored in order to select the correct cases.

Objectives

The aim of this work was to evaluate the referral to our department and improvement points.

Material and methods

A retrospective analysis was performed of the Andrology consults between January 2014 and December 2015.

Results

We evaluated 96 of the 102 consults performed. About 60% of patients were referred with erectile dysfunction complaints, 15% with penile curvature and 8% with ejaculatory dysfunction. About 27% had previously tried phosphodiesterase 5 inhibitor, and 40% lacked recent metabolic workup.

Discussion

The high prevalence of sexual complaints coupled with a high number of naïve patients could be due to difficulties by the referral doctors when analyzing and characterizing male sexual dysfunction according to the current sexual response cycle model. The lack of patient categorization accordingly to Princeton criteria (III) shows the difficulties found when selecting patients to start the first line of treatment for erectile dysfunction.

Conclusion

Sexual dysfunction are highly prevalent in the general population. Healthcare providers should improve diagnostic and treatment skills in this field of Urology.

Keywords:
Andrology
Sexual dysfunction
Erectile dysfunction
Premature ejaculation

Artículo

Opciones para acceder a los textos completos de la publicación Revista Internacional de Andrología
Suscriptor
Suscriptor de la revista

Si ya tiene sus datos de acceso, clique aquí.

Si olvidó su clave de acceso puede recuperarla clicando aquí y seleccionando la opción "He olvidado mi contraseña".
Suscribirse
Suscribirse a:

Revista Internacional de Andrología

Comprar
Comprar acceso al artículo

Comprando el artículo el PDF del mismo podrá ser descargado

Precio 22,50 €

Comprar ahora
Contactar
Teléfono para suscripciones e incidencias
De lunes a viernes de 9h a 18h (GMT+1) excepto los meses de julio y agosto que será de 9 a 15h
Llamadas desde España
932 415 960
Llamadas desde fuera de España
+34 932 415 960
E-mail
Opciones de artículo
Herramientas
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

es en pt
Política de cookies Cookies policy Política de cookies
Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí. To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.