Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial #145. Proteoma oral humano: da saliva ao diagnóstico das doenças cardiovascula...
Journal Information
Vol. 57. Issue S1.
Pages 59 (December 2016)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 57. Issue S1.
Pages 59 (December 2016)
DOI: 10.1016/j.rpemd.2016.10.140
Open Access
#145. Proteoma oral humano: da saliva ao diagnóstico das doenças cardiovasculares
Visits
...
Rafael Silva*, Lilibetty Pinho, Marlene Barros, Maria José Correia, Nuno Rosa
Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional de Viseu
Article information
Full Text

Objetivos: Estudos recentes têm evidenciado a relação entre a periodontite crónica e as doenças cardiovasculares. A plausibilidade biológica para esta associação baseia‐se no facto de os pacientes com periodontite crónica apresentarem níveis aumentados de marcadores inflamatórios, os quais estão implicados na inflamação sistémica. O objetivo deste trabalho é avaliar se as proteínas salivares poderão ou não constituir potenciais biomarcadores, através dos seus dados de regulação em ambas as patologias.

Materiais e métodos: Com recurso à ferramenta de pesquisa do portal PubMed e usando como palavras‐chave os seguintes termos: «cardiovascular diseases», «chronic periodontitis», «biomarkers», «proteomics», «salivar diagnosis» foram selecionados os artigos que apresentavam dados de regulação proteica, na saliva, em ambas as patologias. Posteriormente, com recurso à ferramenta PANTHER, identificaram‐se os processos biológicos e funções moleculares mais desregulados, e quais as proteínas salivares comuns em ambas as patologias, nesses mesmos mecanismos.

Resultados: Verificou‐se que a maioria das proteínas envolvidas nos processos biológicos mais desregulados («response to stimulus» e «immune system process») são citocinas, acabando por ser consistentes com a presença da inflamação associada às patologias em estudo. De notar também o aumento evidente do número de proteínas orais com função antioxidante (Myeloperoxidase), o que poderá ser fundamentado por uma resposta contra o stress oxidativo a que os indivíduos com doenças cardiovasculares estão sujeitos. E na atividade dos recetores (leukotriene B4 recetor 1 e prostaglandin E2 recetor EP2), justificado pelo grande envolvimento destes no recrutamento de células do sistema imunológico e na regulação das placas ateroscleróticas, favorecendo a sua destabilização e consequente rotura.

Conclusões: Foram identificadas moléculas inflamatórias comuns em ambas as doenças, existindo diferenças em relação aos dados de regulação. Este conhecimento abre caminho a novos estudos com o objetivo de esclarecer os mecanismos moleculares envolvidos nas 2 doenças, bem como identificar e validar biomarcadores que possam de alguma forma levar a uma intervenção atempada, diminuindo o grande impacto epidemiológico das doenças cardiovasculares.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos