Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial #085. Hidratação de fragmentos dentários: estudo in vitro
Journal Information
Vol. 57. Issue S1.
Pages 35 (December 2016)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 57. Issue S1.
Pages 35 (December 2016)
DOI: 10.1016/j.rpemd.2016.10.083
Open Access
#085. Hidratação de fragmentos dentários: estudo in vitro
Visits
...
Nuno Machado*, João Carlos Ramos, Alexandra Vinagre
Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra
Article information
Full Text

Objetivos: O objetivo deste trabalho foi realizar uma análise da variação de cor de fragmentos dentários, quando submetidos a períodos de desidratação e reidratação em 2 soluções diferentes (água destilada e saliva).

Materiais e métodos: Foi efetuada uma revisão bibliográfica da literatura relacionada com os procedimentos de «colagem» de fragmentos com recurso à base de dados MEDLINE, através do motor de busca PubMed. No protocolo laboratorial foram selecionados 22 pré‐molares, aos quais foram feitos cortes mésio‐distais das coroas de modo a aproveitar as faces vestibular e palatina (n=44). Os fragmentos foram divididos aleatória e uniformemente em 4 grupos, de acordo com o seu «valor» cromático. Nos grupos 1 e 2, os fragmentos foram desidratados durante 45 minutos, após os quais o grupo 1 foi submetido a um meio de reidratação com água destilada e o grupo 2 a um meio de saliva artificial, durante 20, 60 minutos e 24 horas. Nos grupos 3 e 4, as amostras foram desidratadas durante 24 horas, após as quais os grupos foram submetidos aos mesmos meios de reidratação que os grupos anteriores, nos mesmos tempos. Os valores de cor L* a* b* foram analisados em todos os tempos, incluindo o início do protocolo (T0 a T4), com recurso a um espectrofotómetro (VITA Easyshade®V, Vident™, Califórnia, EUA). Os resultados foram analisados com recurso à plataforma estatística IBM® SPSS® Statistics, version 20. O nível de significância estatística estabelecido foi de 5% (alfa=0,05).

Resultados: Foi observada uma diminuição progressiva entre os valores de variação global da cor (deltaE) entre os tempos T1 e T4, não havendo, no entanto, diferenças significativas entre os meios de reidratação. As variáveis a* e b* (para os 4 grupos) e a variável L* (nos grupos 1 e 2) apresentaram a mesma tendência, mas os grupos 3 e 4 desta última foram incongruentes com o esperado.

Conclusões: Os fragmentos desidratados apresentaram valores de deltaE mais elevados, demonstrando uma descoloração para cor esbranquiçada. A reidratação dos mesmos levou a uma recuperação da cor, não tendo esta, no entanto, regressado à inicial, mesmo ao fim das 24 horas.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

es en pt
Política de cookies Cookies policy Política de cookies
Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí. To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.