Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial SPEMD – Biénio 2016‐2017
Journal Information
Vol. 56. Issue 4.
Pages 205-206 (October - December 2015)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 56. Issue 4.
Pages 205-206 (October - December 2015)
Editorial
DOI: 10.1016/j.rpemd.2015.12.001
Open Access
SPEMD – Biénio 2016‐2017
SPEMD – 2016‐17 biennium
Visits
...
Pedro Mesquita
Presidente da Direção Nacional da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD)
Article information
Full Text

Quando em dezembro de 2013 me candidatei à presidência da direção nacional da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD), liderando uma lista de continuidade em relação às direções mais recentes, particularmente à última, defini «A Consolidação de uma Sociedade Científica» como o lema do meu programa para os 2 anos de mandato. Dois anos volvidos e quando me recandidato ao mesmo cargo posso afirmar que grande parte desse trabalho de consolidação foi conseguido. A SPEMD constitui hoje, afirmado por pessoas e entidades de diferentes quadrantes da área médico‐dentária, uma sociedade científica de referência, transversal à medicina dentária/estomatologia e com um importante papel nas áreas da formação e da promoção da investigação científica, promovendo e organizando diversas atividades que dignificam a sua história e a memória dos que nos antecederam.

Senão atentemos; a SPEMD recuperou as suas sedes antigas, de Lisboa e do Porto, tendo, na antiga sede nacional, em Lisboa, criado um centro de formação contínua. Com este investimento, a SPEMD passou a ter capacidade para organizar cursos práticos em instalações próprias, nos 3 centros regionais de Lisboa, Porto e Coimbra. A revista continuou o seu processo de internacionalização e de melhoria da qualidade. Atualmente, os artigos publicados na única revista portuguesa da área da saúde oral, exclusivamente científica, e devido à sua divulgação em sistema aberto através da Elsevier, Scopus e Science Direct, têm visibilidade mundial, sendo facilmente referenciados por colegas em qualquer parte do mundo, particularmente aqueles que são escritos em língua inglesa. O congresso, o mais abrangente dos que se realizam em Portugal na área da saúde oral, recuperou e consolidou o prestígio de outros tempos, passando a ser muito requisitado por colegas e empresas comerciais. Aumentámos a oferta de cursos de cariz teórico prático com a marca de qualidade SPEMD e as «Noites da SPEMD» iniciaram o seu processo de descentralização procurando, desta forma, chegar ao maior número possível de colegas, sócios e não sócios da sociedade. O sucesso do modelo das «Noites» é tão notório que foi adotado por várias entidades que também se dedicam à formação contínua. Aumentámos os parâmetros de qualidade na atribuição do prestigiado selo de «Patrocínio Científico SPEMD» a um número crescente de eventos científicos que o solicitam. Bolsa da SPEMD de apoio à divulgação científica no estrangeiro, Prémio de Investigação, visando premiar o melhor trabalho de investigação científica desenvolvido por sócios da SPEMD, e Prémio Congresso, cujo objetivo é o de premiar os melhores trabalho submetidos ao congresso anual, nas vertentes de investigação e caso clínico, são outros exemplos de iniciativas com a marca de qualidade da mais antiga sociedade científica médica da Península Ibérica e que já fazem parte do quotidiano dos sócios da SPEMD. Passámos a marcar presença, de forma assídua, em eventos destinados à população em geral, muitas vezes, em parceria com a MOMS, entidade com a qual estabelecemos protocolo em 2014. «Dia Mundial da Saúde Oral», «Doidos por escovas de dentes», «Expo Saúde e Bem‐estar» são apenas 3 exemplos de iniciativas que visaram a promoção da higiene e saúde oral junto da população, desde os mais novos aos mais idosos. É assim crescente o papel da SPEMD junto de colegas e da população em geral.

Apesar disso, muito ainda há a fazer em prol desta sociedade científica, dos colegas e da promoção da saúde oral. É nesse sentido que me apresento a um segundo mandato, com uma lista praticamente igual à anterior, com o lema agora de «Consolidar e promover o crescimento da SPEMD». Apostamos, assim, neste segundo mandato, na consolidação e no crescimento da SPEMD. A SPEMD é hoje uma sociedade científica moderna e dinâmica, sendo fundamental que este processo de afirmação continue, para bem da medicina dentária e da estomatologia portuguesas. Penso que, com a ajuda de todos, poderemos consegui‐lo.

Desejo que o ano de 2016 seja um ano repleto de sucesso ao nível profissional e pessoal.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

es en pt
Política de cookies Cookies policy Política de cookies
Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí. To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.