Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial #060. Parâmetros clínicos e radiográficos na terapêutica ortodôntico‐cir...
Journal Information
Vol. 57. Issue S1.
Pages 24 (December 2016)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 57. Issue S1.
Pages 24 (December 2016)
DOI: 10.1016/j.rpemd.2016.10.059
Open Access
#060. Parâmetros clínicos e radiográficos na terapêutica ortodôntico‐cirúrgica da inclusão de caninos maxilares: estudo piloto
Visits
...
António Coelho*, Ricardo Figueiredo, Tiago Borges, Miguel Silva Pereira, Bruno Leitão de Almeida
Universidade Católica Portuguesa
Article information
Full Text

Objetivos: O tratamento cirúrgico de caninos impactados divide‐se em 2 possibilidades terapêuticas: a exposição cirúrgica para tração ortodôntica ou extração cirúrgica. A decisão depende de determinados fatores como: a avaliação radiográfica, que inclui a angulação do canino em relação à linha média da arcada superior, a distância vertical em relação à raiz do incisivo lateral e a posição mésio‐distal da ponta da cúspide do canino em relação à raiz do incisivo lateral assume especial importância na decisão terapêutica. Nesta investigação foi inferida a influência de parâmetros radiográficos da inclusão do canino maxilar e idade do paciente nos resultados clínicos, e previsibilidade da exposição e tração ortodôntica.

Materiais e métodos: Este estudo retrospetivo (coorte) incluiu 13 pacientes com diagnóstico de inclusão canina maxilar e plano de tratamento de exposição cirúrgica da coroa e tração ortodôntica. Diferentes variáveis (angulação do canino em relação à linha média da arcada superior, distância vertical em relação à raiz do incisivo lateral, posição mésio‐distal da ponta da cúspide do canino em relação à raiz do incisivo lateral e idade) foram calculadas e relacionadas com a duração do tratamento ortodôntico. Foi realizada análise estatística das variáveis através de teste t‐Student. A significância estabeleceu‐se em p (<0,05).

Resultados: Treze pacientes com uma idade média de 19,5±7,5 anos, com diagnóstico de 14 caninos inclusos maxilares, foram incluídos neste estudo. Determinou‐se uma angulação média do dente incluso de 36,5°±19,3. O tempo de tratamento (em meses) apresentava uma média de 31,4±5,9. Verificou‐se que existiram diferenças estatisticamente significativas entre o tempo de tratamento e a idade do paciente (p=0,046). Os cruzamentos entre as restantes variáveis demonstraram valores de p>0,05, não havendo diferenças estatisticamente significativas entre as variáveis.

Conclusões: O tratamento da inclusão de caninos maxilares através da tração ortodôntica é um tratamento previsível, como demonstram os resultados clínicos deste estudo. Foi possível estabelecer associação entre o tempo de tratamento e a idade do paciente. Os pacientes mais velhos (>=20 anos) tiverem um menor tempo de duração do tratamento. Outros estudos futuros são necessários para investigar variáveis que possam afetar a duração deste tipo de intervenção.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos