Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial # 3. Tratamento precoce com um uad‐elix modificado ‐ caso clínico
Journal Information
Vol. 56. Issue S1.
Pages 38 (December 2015)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 56. Issue S1.
Pages 38 (December 2015)
DOI: 10.1016/j.rpemd.2015.10.087
Open Access
# 3. Tratamento precoce com um uad‐elix modificado ‐ caso clínico
Visits
...
Ana G. Carvalho*, Tiago Bessa M, Ana Rita Santos Silva, Joana Neto, Afonso Pinhão Ferreira, Maria João Ponces
Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto
Article information
Full Text

Introdução: A compressão maxilar é a anomalia mais frequente das arcadas e é caracterizada pela redução da dimensão transversal. Como consequência poderá ocorrer uma adaptação da posição mandibular, produzindo‐se uma mordida cruzada posterior. O tratamento precoce é importante para promover um crescimento facial normal e um desenvolvimento adequado dos maxilares. A literatura sustenta que alguns tratamentos precoces, nomeadamente a expansão dento‐alveolar, são mais eficazes e rápidos com aparelhos fixos do que com aparelhos removíveis.

Descrição do caso clínico: Paciente do género masculino, 4 anos e meio, compareceu a uma consulta médico‐dentária para avaliação da necessidade de tratamento ortodôntico. Após exame clínico intraoral, verificou‐se a presença de mordida cruzada posterior unilateral direita, com desvio da linha média mandibular para o mesmo lado. Como complemento do diagnóstico ortodôntico foram efetuadas telerradiografias faciais em incidências de perfil e postero‐anterior, modelos de estudo e posterior montagem em articulador semiajustável. A análise dos registos permitiu diagnosticar uma mordida cruzada com um desvio funcional mandibular por compressão maxilar.

Discussão e conclusões: Optou‐se pela utilização de um quad‐helix modificado. O quad‐helix é um dos aparelhos mais versáteis para expansão dento‐alveolar. A sua principal vantagem é o facto de não necessitar de cooperação do paciente e ser, na generalidade, bem tolerado. Na conceção original é confecionado em arame elgiloy, tem quatro helicoides e aplica‐se nas bandas fixadas aos primeiros molares superiores permanentes. No presente caso, dada a ausência de dentes permanentes na arcada, o aparelho foi modificado e aplicado ao nível dos segundos molares decíduos. O diagnóstico e a intervenção céleres e atempados foram imperativos na resolução do problema transversal do caso. A intervenção precoce permitiu o estabelecimento de um novo equilíbrio funcional, possibilitando o adequado desenvolvimento dos maxilares. Os controlos realizados pós‐tratamento de primeira fase comprovaram a estabilidade do resultado desta intervenção precoce, denotando‐se fundamental para a redução da complexidade do tratamento em dentição permanente.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos