Buscar en
Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilofacial # 20. Avaliação da fluorescência de 2 resinas compostas após imersão em sol...
Journal Information
Vol. 56. Issue S1.
Pages 9-10 (December 2015)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 56. Issue S1.
Pages 9-10 (December 2015)
DOI: 10.1016/j.rpemd.2015.10.021
Open Access
# 20. Avaliação da fluorescência de 2 resinas compostas após imersão em soluções pigmentantes
Visits
...
Maria João Bila*, Inês Caldeira Fernandes, Luís Filipe Vieira Ferreira, Mário Polido, Ana Cristina Azul
Centro de Investigação Interdisciplinar Egas Moniz (CiiEM); Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz (ISCSEM)
CQFM‐ Centro de Química‐Física Molecular do IN, IST, Universidade de Lisboa
Article information
Full Text

Objetivos: Avaliar in vitro a fluorescência de 2 resinas compostas, frequentemente usadas na prática clínica, antes e após a imersão em soluções pigmentantes.

Materiais e métodos: Foram confecionados, a partir de 2 resinas compostas fotopolimerizáveis, uma nanoparticulada (FiltekTM Supreme XTE A3B [3M ESPE – Minnesota, EUA]) e uma híbrida (FiltekTM Z250 A3 [3M ESPE – Minnesota, EUA]), 10 discos de cada uma (10mm de diâmetro e 2mm de espessura), através de um molde metálico padronizado. Todos os discos sofreram um corte de 2mm no seu diâmetro, seguindo‐se o seu polimento. Oito discos foram imersos em saliva artificial de pH=5,525 (Laboratório ISCSEM, Monte da Caparica, Portugal) durante 24 horas e, posteriormente, durante 72 horas nas respetivas soluções pigmentantes: água destilada, vinho tinto («Vale da Poupa Douro», Favaios, Portugal), café («Nespresso Volluto», Lausanne, Suíça) e black vodka («Eristoff Black», Bacardi Global Brands, Inglaterra, Reino Unido). Dois discos não foram imersos. Os gráficos de fluorescência para cada disco foram obtidos a partir de um espectrofluorímetro (IST, Lisboa, Portugal), e os dados foram tratados através de uma análise qualitativa e interpretativa.

Resultados: A exposição dos discos de resina composta aos fluídos pigmentantes diminuiu, de forma significativa, a intensidade de fluorescência por eles inicialmente emitida. A alteração de fluorescência mais acentuada verificou‐se no FiltekTM Supreme XTE A3B, sob a ação do vinho tinto, e a menos acentuada no FiltekTM Z250 A3, sob a ação da água destilada. A solução que demonstrou causar mais alterações foi o vinho tinto e a que provocou menos alterações foi a água destilada.

Conclusões: As 2 resinas compostas sofreram diferentes alterações de fluorescência, perante os diferentes agentes pigmentantes, sendo esta alteração dependente da natureza da matriz orgânica, partículas de carga e do tipo de agente pigmentante.

Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos