Regístrese
Buscar en
Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo
Toda la web
Inicio Revista Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo Tempo para celebração e tempo para ação!
Journal Information
Vol. 11. Issue 1.
Pages 1 (January - June 2016)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 11. Issue 1.
Pages 1 (January - June 2016)
Editorial
DOI: 10.1016/j.rpedm.2015.12.001
Open Access
Tempo para celebração e tempo para ação!
Time to celebrate, time to action!
Visits
1825
M. Helena Cardoso
This item has received
1825
Visits

Under a Creative Commons license
Article information
Full Text

A RPEDM e a Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo (SPEDM) estão em festa! E temos vários motivos para festejar!

A RPEDM regozija‐se e felicita o Professor Sobrinho Simões, membro do seu Concelho Editorial e sócio honorário da SPEDM, por ter sido eleito pelos seus pares como o mais influente patologista a nível mundial em 2015. É com uma satisfação imensa que assistimos, mais uma vez, ao reconhecimento das extraordinárias qualidades científicas e humanas que tornam o Professor Sobrinho Simões um sócio muito querido da SPEDM, nunca se recusando a partilhar connosco o seu saber e a brindar‐nos com as suas palestras brilhantes. E assim fez, mais uma vez, ao aceitar ser o «Chairman» e organizar o «Basic Science Course in Endocrine and Neuroendocrine Cancer», que decorrerá no Porto, de 17 a 19 de fevereiro de 2016, por iniciativa da SPEDM, SEEN e ESE. Será uma oportunidade para os jovens cientistas conviverem de perto e partilharem o saber de uma panóplia de cientistas do mais alto gabarito a nível mundial.

É também com muita felicidade que assistimos ao nascimento da Sociedade Angolana de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo e, muito orgulhosamente, assumimos o papel de revista oficial desta sociedade irmã. Desejamos‐lhe as maiores felicidades e aguardamos ansiosos a publicação dos primeiros artigos. Queremos dar‐lhe voz e contribuir de forma proactiva para a troca de experiências, permuta de ideias, criação de sinergias, num juntar de forças das 4 sociedades que orgulhosamente representamos.

Precisamos de todos, jovens e seniores, para que a curiosidade de uns e experiência de outros se misture num caldo fervilhante de entusiasmo e ação.

E porque se é tempo de celebração também é tempo de ação, constatamos com preocupação o facto de, em Portugal e ao contrário do que acontece a nível europeu, a comparticipação da terapêutica com hormona de crescimento em adultos só estar indicada em situações de défice de hormona de crescimento isolado. Transcrevendo do despacho n.°12455/2010, de 22 de julho (DR 2.ª série, n.° 148, de 2 de agosto de 2010: «…com pronunciada deficiência em hormona de crescimento com início na infância, desde que se trate de défice de hormona de crescimento isolado». O que todos os médicos interpretaram como uma gralha mantém‐se, no que parece uma decisão para impedir esta terapêutica em adultos. De facto, as situações de deficiência isolada de hormona de crescimento na infância e adolescência revelam‐se, com frequência, como situações transitórias que, quando reavaliadas na vida adulta, apresentam um padrão de resposta normal aos testes de estimulação. São as deficiências hipofisárias múltiplas que correspondem aos défices mais graves, com necessidade de terapêutica de substituição para toda a vida, sob risco de sequelas graves, tais como as descritas no caso clínico com o título «Sequelas endócrinas do tratamento oncológico – qual o papel da deficiência da hormona do crescimento no desenvolvimento de osteoporose?», dos nossos colegas do IPO de Lisboa. Será altura do Infarmed rever esta situação!

Copyright © 2015. Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo
Article options
Tools
es en pt

¿Es usted profesional sanitario apto para prescribir o dispensar medicamentos?

Are you a health professional able to prescribe or dispense drugs?

Você é um profissional de saúde habilitado a prescrever ou dispensar medicamentos

es en pt
Política de cookies Cookies policy Política de cookies
Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí. To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.